quarta-feira, 26 de abril de 2017

Refaça-se


"Quando o mundo ao meu redor para e deixa de existir, parece desaparecer, eu vejo você surgir. A vida vem me dá um nó e por inteira me desfaço. Desfila rindo sem dó, me refazendo a cada passo."
(Yamí Couto)

Agradeça!


"Sinta-se agradecido. Verdadeiramente agradecido. Por tudo o que você tem hoje.  Por tudo o que você é. Seja honesto com seus sentimentos. Não se supervalorize. Nem tampouco se subestime. Seja forte. E bote pra quebrar."
(Fernanda Mello)

segunda-feira, 24 de abril de 2017

O lado de dentro


Dentro dela é casa de sentimentos bons.
É alma transparente exalando liberdade.
Dentro dela habita o amor sincero.
É a paz que te faz adormecer num carinho envolvente.
Dentro dela só entra quem tem coração aventureiro.
Afinal ali dentro existe um universo de sonhos!

sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Amor é reinvenção


"A gente quer antecipar o amor, sem saber que é sempre estreia, acontece de formas diferentes pra cada um. A gente aproxima a coisa falando dela, mas o amor foge aos conceitos prévios e a gente tem pressa, tem fome e sede de saber que cara tem o amor. A gente idealiza e, às vezes, passa fome. A gente costuma ver amor onde não tem. Por achar que o amor é só dar as mãos e está feita a mágica, a combinação. A gente quer que o amor aconteça de um jeito planejado, mas o amor não faz compromisso com nosso calendário. O amor é reinvenção."
(Ester Chaves)

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

tão meu



...tão eu...

"Nem sempre somos o que amor que vivemos, mas, sim, o amor que conservamos conosco."
(Frederico Elboni)

quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Rosa


"Qualquer um pode amar uma rosa, mas é preciso um grande coração para incluir os espinhos."
(Clarice Lispector)

quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Encontro da vida



"Não sei se existem almas gêmeas, mas sinto a sua conectada à minha. Como se tivéssemos rodado o mundo inteiro só para encontrarmos um ao outro. Que ironia, esse mesmo mundo que colocou tantos quilômetros entre nós."
(Rachel dos Santos)

quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Eu sou o meu lugar



"Eu tentei me adaptar a um contexto diferente para ser socialmente aceita. Eu esperava ser acolhida e encontrar algum lugar de pertencimento. Eu não tinha nada, apenas uma vida absolutamente oposta à minha, um amor pelo Outro, uma vontade imensa de conseguir me adequar. E com toda a experiência que ganhei, eu me perdi de mim. E a falta que senti da minha presença foi minando todas as minhas forças: sem autonomia, sem alegria e absolutamente só, eu tentei caminhar, mas não consegui encontrar nenhum caminho próspero.

Precisei me deslocar geograficamente para saber aonde eu estava. Eu precisei chorar no aeroporto para resgatar as emoções amputadas. E me abandonar, aqui, no abraço que lá era negligenciado: meus poros estavam ávidos por um toque amoroso, e esta experiência me pedia urgência.

Na busca incessante do meu EU, descobri: eu sempre estive comigo, tão dentro, eu precisava apenas não me rejeitar.

E quando eu percebi que apenas precisava deixar vir, eu descalcei meus pés, eu me despi da dor, eu resgatei em mim a inocência, o auto amor. E pude então sentir a flor dentro de mim: botão que se feria por não desabrochar. Plantei o meu lugar: e recebi com luz minha fonte inesgotável de força e criação, o sol interno e aceso tão prestes a pulsar. Dancei como criança, dancei como mulher, deixei que o FEMININO tomasse o meu corpo. E todas as sementes brotaram num sorriso, viraram gargalhadas, trouxeram pros meus membros fortes, leves, delicados movimentos: e como um Orixá, eu era a natureza, eu era extensão de toda a Beleza, eu era a mim mesma: EU SOU O MEU LUGAR."
(Marla de Queiroz)

Amor de Luz





"Desejo esse amor limpinho, branquinho, inteiro de luz. Esse amor que ao dançar no palco do peito, assim, feito um amor quase perfeito, sorria sem pretexto e arrume sempre um jeito de chegar mais cedo para o banquete da noite. E faz pernoite na minha sina de amar sem medida."
(Ju Farias)

segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

Faith


Esse texto é exatamente no que acredito que Deus seja e queira:

"Para de ficar rezando e batendo no peito.
O que eu quero que faças é que saias pelo mundo, desfrutes de tua vida.
Eu quero que gozes, cantes, te divirtas e que desfrutes de tudo o que Eu fiz para ti.
Para de ir a estes templos lúgubres, obscuros e frios que tu mesmo construístes e que acreditas ser a minha casa.
Minha casa está nas montanhas, nos bosques, nos rios, nas praias.
Aí é onde eu vivo e expresso o meu amor por ti.
Para de me culpar pela tua vida miserável; Eu nunca te disse que eras um pecador.
Para de ficar lendo supostas escrituras sagradas que nada têm a ver comigo.
Se não podes me ler num amanhecer, numa paisagem, no olhar dos teus amigos, nos olhos de teu filhinho... não me encontrarás em nenhum livro...
Para de tanto ter medo de mim.
Eu não te julgo, nem te critico, nem me irrito, nem me incomodo, nem te castigo.
Eu sou puro Amor.
Para de me pedir perdão.
Não há nada a perdoar.
Se Eu te fiz...
Eu te enchi de paixões, de limitações, de prazeres, de sentimentos, de necessidades, de incoerências, de livre-arbítrio.
Como posso te castigar por seres como és, se sou Eu quem te fez?
Crês que Eu poderia criar um lugar para queimar a todos os meus filhos que não se comportam bem pelo resto da eternidade?
Que tipo de Deus pode fazer isso?
Esquece qualquer tipo de mandamento, são artimanhas para te manipular, para te controlar, que só geram culpa em ti.
Respeita o teu próximo e não faças aos outros o que não queiras para ti.
A única coisa que te peço é que prestes atenção à tua vida; que teu estado de alerta seja o teu guia.
Tu és absolutamente livre para fazer da tua vida um céu ou um inferno.
Para de crer em mim . . .
Crer é supor, imaginar.
Eu não quero que acredites em mim.
Quero que Me sintas em ti quando beijas tua amada, quando agasalhas tua filhinha, quando acaricias teu cachorro, quando tomas banho de mar.
Para de louvar-me!
Que tipo de Deus ególatra tu acreditas que Eu seja?
Tu te sentes grato?
Demonstra-o cuidando de ti, da tua saúde, das tuas relações, do mundo.
Expressa tua alegria!
Esse é o jeito de me louvar.
Para de complicar as coisas e de repetir como papagaio o que te ensinaram sobre mim.
Não me procures fora!
Não me acharás.
Procuras-me dentro...
Aí é que estou, dentro de ti"